La Pasta Gialla

Com mais de 17 restaurantes rede La Pasta Gialla utiliza  o Administra para o gerenciamento eficaz da operação.

O La Pasta Gialla, do chef Sério Arno, é uma rede de franquias que conta hoje com 17 restaurantes em São Paulo e em estados brasileiros. Com slogan “Tão Italiano quanto na Itália”, o La Pasta Gialla nasceu da vontade de Arno de criar um espaço que unisse boa produção gastronômica com o verdadeiro toque italiano.

A vontade do chef foi tão bem-sucedida que hoje os restaurantes da rede atendem a mais de 60 mil pessoas por mês. O sucesso agrada público e franqueados que mantém em seu portfólio mais de 200 itens gastronômicos.

Os franqueados do La Pasta Giall contam com planejamento de marketing, treinamento e supervisão, assessoria financeira e administrativa e sistema informatizado de administração, o Administra, da Cheff Solutions.

Com o Administra, a frente de caixa é integrada com a retaguarda financeira, possibilitando velocidade e acuidade, por exemplo, no controle de cancelamentos e descontos. O Administra ainda importa documentos (notas fiscais) no formato XML diretamente para o sistema, economizando tempo e conferindo agilidade à operação.
Já para o franqueador, é possível controlar cada loja em separado, com a obtenção o banco de dados de venda, que se consolida em um relatório geral. Tudo sincronizado quando do fechamento do caixa.
Também o sistema permite ao franqueador avaliar a eficácia de uma promoção, aferir qual colaborador é o melhor vendedor de vinhos da rede, ou fazer promoções, por exemplo, e a inda ajuda a aferir o resultado de uma campanha publicitária.

Gerenciamento remoto: agilidade e economia na gestão
Com o Administra, os franqueados do La Pasta Gialla conseguem por meio da computação em nuvens (Cloud Computing) gerenciar toda a parte financeira de forma remota, sem a necessidade de estar fisicamente na operação. Isso confere agilidade e praticidade ao gerenciamento do negócio.
Além disso, o Cloud Computing é vantajoso financeiramente, pois migrar dados e aplicações para as nuvens é mais econômico do que manter o hardware no estabelecimento. Como os dados são armazenados na infraestrutura do provedor de serviços, a necessidade de investimento em hardware cai, assim como o número de funcionários dedicados ao seu funcionamento.